Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Quarteto de brilho na Copa das Confederações de 2005, na Alemanha

0
0

Há oito anos, a Seleção Brasileira acabava na primeira colocação da Copa das Confederações de 2005, levantando a taça de campeão do torneio. Com um time comandado por Carlos Alberto Parreira fora de campo, e liderado por Kaká, Robinho, Adriano e Ronaldinho Gaúcho dentro das quatro linhas, a equipe canária deu um verdadeiro show em final diante da Argentina, sua arquirrival, vencendo a partida por 4 a 1.

O placar parecia bastante elástico para um dos maiores clássicos mundiais, se não o maior. Mas não foi isso. Este forte quarteto realmente jogou um bolão e conseguiu realizar com perfeição suas jogadas ofensivas, resultando em dois gols de Adriano, um de Kaká e um de Ronaldinho, e apagando a atuação do incrível meio-campista argentino Riquelme na decisão.

No entanto, a excelente partida não condiz com o rendimento da seleção brasileira durante a competição, em que perdeu para o México por 1 a 0 e empatou com o Japão em 2 a 2, ainda na primeira fase do torneio, se classificando em segundo lugar do Grupo B. Na semifinal, derrotou a Alemanha por 3 a 2.

E esse ruim rendimento no início da Copa das Confederações parece ter retornado no ano seguinte, diante da Copa do Mundo da Alemanha. Grande favorita para conquistar o mundial, a equipe comandada por Parreira, contando também com Ronaldo Nazário, que marcou três gols na competição, foi novamente derrotada pela França, desta vez nas quartas de final.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622