Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Felipe Andreoli escala sua Seleção Brasileira ideal

0
0

Felipe Andreoli, apresentador do programa Deu Olé, da Band, e um grande apaixonado por futebol, revelou em entrevista à CARAS Online qual seria a escalação ideal para a Seleção Brasileira, com os jogadores convocados por Luiz Felipe Scolari nessa terça-feira, 14, para a Copa das Confederações.“Dentro do que ele convocou eu jogaria assim: Júlio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo. Paulinho, Hernanes, Oscar, Lucas, Neymar e Fred, escalou ele.

Já quando perguntado se Felipão esqueceu de convocar algum atleta importante para o time, o jornalista citou alguns importantes nomes. “Eu levaria o Kaká, que é experiente e tem uma liderança positiva no grupo, é importante dentro e fora de campo. Acho que também levaria o Ralf, titular no Corinthians, no lugar do Luiz Gustavo, que é reserva na Alemanha. Talvez não levasse o Fernando do Grêmio e chamaria mais um de frente, como o , do Galo (Atlético-MG)”, comentou o também repórter do CQC.

Apesar de achar que faltaram alguns jogadores na atual equipe brasileira de futebol, Andreoli mostrou confiar no trabalho de Scolari, mesmo sem chamar atletas mais experientes. “Tenho certeza que o Felipão sabe bem o que faz. Ele sabe que, se eles (Kaká e Ronaldinho Gaúcho) tiverem jogando muito, quando estivermos perto da Copa do Mundo, pode acabar os chamando. Parece que com o Ronaldinho tem um problema de comportamento em uma das ultimas convocações. Acredito que ele queira testar alguns jovens numa disputa para valer, já que o Brasil não jogou as eliminatórias”, afirmou.

“A gente sempre trocaria uns três ou quatro (jogadores da convocação), mas é normal. O Felipão sempre teve muita personalidade para convocar, lembrando que em 2002 todo mundo pedia e queria o Romário. Ele não levou o 'baixinho' e, mesmo assim, levantou a taça no Japão”, acrescentou.

Para finalizar entrevista, Felipe Andreoli deu seu palpite para a Copa das Confederações, destacando que essa competição é apenas uma preparação para a Copa do Mundo em 2014. “Olha, sinceramente pouco importa se o Brasil levar a Copa das Confederações. O que vale mesmo é a Copa do Mundo. Acho que a favorita é a Espanha. Mas temos que usar a competição para testar o time e ajeitar as coisas para o Mundial, que é o que vale mesmo!”, finalizou.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Latest Images

Trending Articles





Latest Images