Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Gabriel Valim, cantor de 'Piradinha', comemora sucesso da música de Valdirene: 'Quero dar um abraço na Tatá e agradecer'

0
0

É bem provável que você já tenha cantarolado ao menos uma música de Gabriel Valim por aí - Gatinha Assanhada, por exemplo, sucesso gravado por Gusttavo Lima, é umas das mais de 500 composições do gaúcho. Mas é com a nova, Piradinha, que sua voz está chegando aos quatro cantos do Brasil. É ele que embala as aventuras da periguete Valdirene (Tatá Werneck) em Amor à Vida.

“Eu estava em casa no estúdio gravando quando o Mariozinho Rocha me ligou e deu a notícia. Fiquei muito feliz, o sonho de todo artista brasileiro é ter uma música na novela das nove”, comemorou Gabriel, em conversa por telefone com CARAS Online de sua casa em Sombrio, no sul de Santa Catarina. Nem por um momento passou por sua cabeça que poderia ser um trote. “Eu acreditei porque Deus está à minha frente em tudo, eu confio muito em Deus. Tudo isso está acontecendo porque Deus falou ‘chegou a hora, agora é a tua vez, mostra o que você sabe fazer’. É o dom que Ele me deu”.

Até agora, o clipe gravado em um iate com mulheres dançando de biquíni já supera a marca de 4, 5 milhões de visualizações no Youtube. "Ainda não conheci a Tatá. A gente já trocou mensagem pelo Twitter, parabenizei o trabalho que ela está fazendo e ela me parabenizou pela música. Mas com certeza quero dar um braço nela e agradecer. Ela está sendo muito importante. Todo brasileiro hoje ligar a TV para ver ela, é muito massa isso", festeja.

O sonho do pai

Gabriel tinha apenas sete anos na pequena cidade de Pixirica, Rio Grande do Sul, quando o pai, Altevir João, trouxe um violão de presente de uma de suas viagens – antes o menino tomava ‘emprestado’ o do tio para aprender a tocar. O sonho era que o filho se tornasse um artista. Mas o caminhoneiro morreu dois anos depois, vítima de um assalto. “Depois disso essa vontade de realizar o sonho dele passou a ser o meu também. Ficou muito forte”, conta Gabriel.

Dali em diante ele começou a se apresentar na escola e em pequenos eventos no sul de Santa Catarina, para onde a família se mudou após a morte do pai, até que, aos 13, decidiu que seria profissional. “Eu não tinha como fazer com que a minha música chegasse aos grandes centros. É complicado ter uma estrutura para divulgar, todo artista no início passa por uns perrengues. Ficou muito claro pra mim em 2006 que eu tinha que começar pelas composições”, lembra. E assim foi feito quando encontrou a dupla Guilherme & Santiago em um evento e deu de presente a eles um CD independente. Os cantores regravaram Seu Amor é Tudo Que eu Quero, e outras encomendas foram surgindo. Hoje Gabriel tem músicas na voz de Leonardo, Gian & Giovani, entre outros nomes do sertanejo.

Piradinha

Piradinha foi composta em parceria com o amigo Alex Ferrari e é uma espécie de continuação de As Mina Pira na Balada– também assinada pela dupla e gravada por Gusttavo Lima. A música, aliás, também integra a trilha da novela de Walcyr Carrasco.

A julgar pela letra fácil e refrão que gruda, é forte concorrente a ser o ‘hit do ano’. “Se o povo eleger vai ser muito gratificante, mas por outro lado eu sei que é uma conquista muito difícil. Vou batalhar para conquistar o Brasil inteiro, as crianças, todo mundo”, diz empolgado, evitando comparações com Michel Teló e seu megassucesso Ai, Se Eu Te Pego.“Michel é um artista insubstituível, o cara que levou a música sertaneja para o mundo inteiro. Ser um novo Michel Teló acho que nunca vou conseguir, mas levar a minha bandeira, isso eu vou batalhar com certeza”.

‘Não conheço alguma Valdirene’

É melhor as ‘Valdirenes’ de plantão nem se animarem. Gabriel é casado com a estilista Érica Rodrigues, que está à espera do primeiro filho do casal. O menino receberá o nome do avô, João, e do pai, Gabriel. Foi pra ela, aliás, que ele compôs Seu Amor é Tudo que eu Quero, no início do relacionamento, que já dura oito anos. “Ela sempre me deu forças nos momentos que eu estava triste, já teve momentos de pensar em desistir de tudo, é difícil viver cantando no nosso país. Se não fosse ela talvez eu não estaria onde estou hoje”, acredita.

A família está de mudança para Florianópolis para facilitar a logística, já que com o sucesso da novela a agenda teve uma turbinada – por enquanto ele faz em média 15 shows por mês no sul do país. Mas está prestes a colocar o pé na estrada por todo o Brasil.

Gabriel se emociona ao falar do pai. “Quando estou cantando eu me sinto mais perto dele. É muito forte essa ligação. Para mim ainda não caiu a ficha que estou conseguindo realizar o sonho dele. Isso é a maior conquista, poder realizar o sonho do meu pai. E também poder corresponder a expectativa de todos que acreditaram. Costumo falar que não tenho fãs, eu tenho amigos”.

Veja o clipe de Piradinha!

 


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622