Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Fernanda Gentil rejeita título de 'musa da copa': 'Fátima Bernardes será para sempre a musa'

0
0

Até quem não acompanha esporte provavelmente já sabe quem é Fernanda Gentil. A loira de 26 anos, responsável por informar os passos da seleção brasileira na Copa das Confederações, chama a atenção dos telespectadores pelo jeito descontraído em seus boletins ao vivo – ela não se intimidou, por exemplo, em cantar Evidências ao vivo com Chitãozinho & Xoroxó no Encontro com Fátima Bernardes. “Na verdade, essa ficha ainda não caiu até agora”, diz à CARAS Online

Estreante em uma grande cobertura, Fernanda recebeu elogios de fãs famosos como Fátima Bernardes,Ana Maria Braga e Luciano Huck e está sendo chamada de ‘musa da Copa’ – título que foi de Fátima na Copa do Mundo de 2002.“Considero o título como um carinho, um elogio, uma brincadeira, mas prefiro ser a ‘gentil’ da Copa mesmo”, fala entre risos.

Fátima Bernardes comemora um ano de programa: 'Continuo ansiosa do mesmo jeito'

Em entrevista à CARAS Online, ela fala sobre vaidade, o apoio do marido - o empresário Matheus Braga, e mostra que tem os pés no chão sobre a fama repentina. “A gente sabe que essa visibilidade um dia acaba, mas a sensação de ter conseguido chegar ao lugar que almejei e ter o reconhecimento de pessoas que eu admiro tanto vão ficar comigo para sempre”.

E, acredite, Fernanda garante que não leva cantadas dos jogadores.

Neymar e jogadores da seleção se divertem nos bastidores da Copa das Confederações

Confira o bate-papo!

- Com a Copa das Confederações você está entrando ao vivo o ‘dia todo’ na Globo, como está a sua rotina?
A rotina está bem corrida. Sou responsável pelos flashes da Seleção Brasileira na parte da manhã e da tarde e o Abel Neto fica com os da tarde e da noite. Durante toda a Copa das Confederações, acordei por volta de 6h30, pois tinha que estar pronta às 7h30, para fazer a primeira entrada ao vivo, no ‘Bom Dia Brasil’. Mas trabalhar na cobertura de grandes eventos é assim mesmo, todo mundo faz um esforço a mais. Não só eu, mas toda a equipe da Globo se entregou e trabalhou muito nesse último mês, para dar o nosso melhor na cobertura.

- Você falou no Mais Você que mal tem tempo de passar maquiagem. Como fica a vaidade nessas horas? Você é preocupada com isso?
Não sou uma pessoa extremamente vaidosa. Gosto de estar bem, claro, mas não uso maquiagem no dia a dia, por exemplo. Gosto de usar calça jeans, blusa e tênis. Fico à vontade de cabelo preso. Foi o que eu falei para a Ana Maria aquele dia: eu não sei fazer aquelas maquiagens lindas e super elaboradas. Faço o básico, que me atende.

- Já mudou alguma coisa em relação ao reconhecimento do público do início da Copa pra cá? O que as pessoas mais te falam?
Estou recebendo um carinho muito grande dos telespectadores e queria até aproveitar a oportunidade para agradecer às mensagens que eles me mandam todos os dias pelas redes sociais. Isso é muito legal, uma motivação a mais para gente! Nas minhas matérias, procuro bater um papo com quem está em casa assistindo à televisão e saber que essa pessoa está satisfeita com o meu trabalho é maravilhoso.

- E quanto ao reconhecimento dos famosos, alguma vez imaginou que de repente você estaria cantando com Chitãozinho e Xororó no programa da Fátima? Como foi isso?
Na verdade, essa ficha ainda não caiu até agora. Nunca imaginaria que Ana Maria Braga e Fátima Bernardes, duas grandes apresentadoras, poderiam elogiar o meu trabalho ao vivo. Foi inesquecível, comecei com o pé direito.

- O que sua família e seus amigos têm dito sobre isso tudo?
Estão todos muito felizes porque sabem que para mim, isso significa a realização de um sonho. Minha família acompanhou de perto minha luta para fazer o que eu faço hoje e estão muito orgulhosos. E eu agradeço todos os dias o apoio que eles me deram sempre. A gente sabe que essa visibilidade um dia acaba, mas a sensação de ter conseguido chegar ao lugar a  que almejei e ter o reconhecimento de pessoas que eu admiro tanto vão ficar comigo para sempre.

- Você está sendo chamada de ‘musa da copa’, como encarou esse título?
Agradeço, mas ainda falta muito para chegar lá. Considero o título como um carinho, um elogio, uma brincadeira, mas prefiro ser a 'gentil' da Copa mesmo! (risos)

- O que o seu marido fala sobre você ser ‘musa da copa’?
Meu marido está muito feliz, dividindo todas essas conquistas comigo e vibrando com cada uma delas. Ele foi muito companheiro durante toda a Copa, sempre acompanhando meus 'vivos' e opinando sobre o meu trabalho. E isso me ajuda muito!

- A Fátima já foi considerada ‘musa da seleção brasileira’ em 2002, e você irá ao programa dela em breve, podemos chamar de encontro das musas? O que você destacaria em comum com ela?
Imagina, a Fátima será para sempre a musa da Seleção. Foi a primeira, fez com maestria, representou muito bem a nossa classe e quebrou paradigmas. Eu estou começando, sou uma mera aprendiz. Mas trabalho muito e me esforço todos os dias para ter mais coisas em comum com ela, como o exemplo de profissionalismo, a capacidade, a desenvoltura e o conhecimento.

- Como é sua relação com os jogadores e equipe da seleção brasileira?
A relação é ótima. Mantenho com os jogadores uma relação de muito respeito e confiança e acho que esse clima bom transparece durante as entrevistas, já que tanto eu como eles ficamos à vontade.

- Já levou alguma cantada de alguém?
Eles sempre me trataram muito bem, nunca tive nenhum problema.

Tem alguém que é seu amigo?
Amigo não, até porque a rotina deles e os meus horários não permitem um contato maior.

- Tem alguma história engraçada ou de algum apuro de bastidores que possa contar?
Achei a história do Fred legal. Sem querer, eu entreguei no ar o relacionamento dele com a menina. Quando o entrevistei para o Jornal Nacional, já ia encerrar a conversa quando pediram que eu perguntasse sobre o coraçãozinho que ele fez na comemoração do gol. Perguntei e ele assumiu! Me pegou de surpresa, eu não esperava aquela notícia em primeira mão. 

Como faz para impor respeito em um ambiente praticamente masculino?
Não tem receita. Acho que nossos gestos, atos, palavras e a nossa postura demonstram a que viemos.

- Você acha que mulher bonita ajuda a atrair mais a atenção – até mesmo de mulheres – para o esporte?
Mulher bonita atrai a atenção em qualquer meio.

- Quando você começou na TV?
Comecei a estagiar em TV em 2007, no Esporte Interativo. De lá fui para a Band e depois para o SporTV, até chegar à Globo em setembro de 2011. Em todos esses lugares, sempre trabalhei na editoria de esportes. Só na Band também fiquei na editoria de Cidade.

- Você vai cobrir a Copa do Mundo, né? Já está fazendo alguma preparação especial?
Ainda não sabemos sobre a cobertura da Copa do Mundo, mas acho que a melhor maneira de se preparar para a Copa foi participar dessa Copa das Confederações. Foi muito bom conhecer esse ambiente da Seleção Brasileira, ver de perto como funciona, sentir a responsabilidade de falar do Brasil. O resto é estudar, o que eu já faço sempre.

- Como acha que será passar um tempo fora cobrindo a Copa – em relação ao casamento, a casa?
Se eu for mesmo participar da cobertura da Copa do Mundo, vou tentar planejar as férias do meu marido em função do calendário da Copa! (risos). Seria o máximo contar com a companhia dele em cada sede.

- Há quanto tempo vocês são casados? Já têm planos de filhos?
Estamos casados há 5 meses, mas a nossa história vem desde que nós tínhamos 15 anos, entre muitas idas e vindas. Gostaríamos sim de ter filhos, mas agora o momento é de trabalho.

- Qual é sua meta profissional e pessoal?
Pessoal é formar minha família e poder ajudar muita gente. Profissional é aprender cada vez mais, evoluir para conseguir sempre acompanhar as mudanças e me adaptar.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Latest Images

Trending Articles





Latest Images