Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Medo e cansaço da mãe são vilões da amamentação. Saiba como vencê-los

0
0

A Organização Mundial de Saúde, OMS, recomenda o aleitamento materno exclusivo até o bebê completar seis meses de vida e depois, já com a introdução de novos alimentos, até pelo menos os dois anos de idade. Mas para que funcione, é preciso ser prazeroso para mãe e criança. Afinal, é sim algo natural, mas não necessariamente fácil. Por isso, de 1 a 7 de agosto, a Unicef e a OMS promovem a Semana Mundial do Aleitamento Materno.

+ Paciência e orientação médica ajudam mãe na amamentação. Confira as respostas para as principais dúvidas

Entre os principais motivos para a interrupção antecipada do aleitamento materno, ainda no primeiro mês de vida do bebê, estão os mamilos doloridos e a ideia de que a oferta de leite não é suficiente e o bebê não consegue mamar direito ou está insatisfeito. “As mulheres que escolhem a alimentação com fórmula, muitas vezes, não têm confiança na sua capacidade de amamentar por causa desse tipo de preocupação”, diz a ginecologista e obstetra Barbara Murayama. E o medo – e a culpa – de não conseguir, também não ajuda em nada.

Portanto, persistência, conhecimento, acompanhamento médico e consciência tranquila são grandes aliados nessa hora. E saiba que existem, inclusive, consultoras de aleitamento que podem ir em casa para ajudar e orientar.

Veja abaixo as respostas da obstetra às perguntas mais comuns das futuras mães e encare o desafio com a certeza de que vale a pena.

Caras Bebê Existe alguma maneira de preparar o peito ou estimular a produção de leite antes do nascimento do bebê?

Barbara Murayama Com o objetivo de deixar a região mais resistente, o preparo recomendado é banho de sol nos mamilos, de manhã antes das 10h e depois das 15h, e não utilizar nenhum produto cosmético neles. Ler muito sobre o assunto, manter uma alimentação saudável e fazer o pré-natal adequadamente também são medidas importantes. E o curso de gestante ajuda porque mostra as posições e possíveis dificuldades que aparecerão.

+ Shakira pretende amamentar o filho até ele ir para a faculdade. Até que idade a prática é saudável?

CB Existem maneiras de estimular a produção de leite durante a amamentação? Algumas mulheres tomam remédio, por exemplo. Mas ordenhar um possível excedente depois de cada mamada aumenta a produção?

BM A maioria das mulheres, realizando a pega correta, já terá o estímulo necessário e a produção apropriada para seu bebê sem precisar de uma “ajuda” extra. Mas é preciso lembrar que a apojadura, que é a descida do leite, demora alguns dias para acontecer. Quando a mãe não é bem orientada sobre isso, gera extrema ansiedade já que o bebê perde um pouco de peso nos primeiros dias. Obstetra e pediatra devem acompanhar de perto esse período e irão intervir se necessário. Não se deve tomar nenhuma atitude sem orientação porque isso poderá, em vez de ajudar, prejudicar o aleitamento. Nessa fase, é importante tentar dormir - porque é no sono profundo que a prolactina, o hormônio do leite, é produzida -, tomar bastante líquido e se alimentar de maneira saudável e variada.

CBÉ verdade que quando se começa a ordenhar para substituir mamadas, a produção de leite cai?

BM O maior estímulo é com a mamada do bebê. A produção de leite cai um pouco quando o bebê tem menos mamadas, mas se a mãe ordenhar frequentemente durante o dia no trabalho, conseguirá quantidade suficiente para manter o aleitamento.

CB Quais cuidados a mulher deve ter para o peito não “empedrar”?

BM Nos primeiros meses, amamente em livre demanda, ou seja, quando perceber que o bebê quer. E sempre comece a mamada pela mama pela qual terminou a mamada anterior, para evitar a maior utilização de apenas uma das mamas. Se a mama estiver muito cheia, vale ordenhar um pouco antes da mamada, para que o mamilo fique mais fácil de ser abocanhado pelo bebê, propiciando uma boa pega e, consequentemente, o bom esvaziamento da mama. Não faça compressas quentes e, se sentir dores, perceber vermelhidão nas mamas ou dores para amamentar, consulte a obstetra imediatamente para avaliação de uma possível mastite (inflamação da mama).

CB Qual é a dieta ideal para a mulher que está amamentando?

BM Comer a cada três horas, manter uma dieta variada, com todos os grupos alimentares, e evitar doce e gordura em excesso. Tomar muito líquido, mas evitar refrigerantes e bebidas estimulantes, como café e chá preto. Também é recomendado não consumir bebidas alcoólicas, fumo e drogas.

CB Mulheres que fizeram redução de mama conseguem amamentar no peito? E as que colocaram silicone?

BM A redução das mamas pode dificultar e até impedir o aleitamento, dependendo de quanto tecido mamário glandular foi removido. É preciso estimular o aleitamento dessas mulheres igualmente durante o pré-natal, mas ficar atento a dificuldades. Nesses casos não há muito o que fazer, porque as medicações estimulam as glândulas a produzirem mais leite e, aqui, há poucas glândulas. No caso do silicone, pode haver dificuldade de acordo com o grau de fibrose, aderências que cada mulher forma depois da cirurgia. Mas, em geral, elas poderão amamentar normalmente. Cada caso deverá ser analisado e essas mulheres demandam atenção especial da obstetra nos primeiros dias de aleitamento e, em alguns casos, suporte psicológico se não conseguirem amamentar.

+ Saiba como amenizar os enjoos da gravidez

CB Como cuidar do peito para a próxima mamada se ele estiver machucado?

BM Passe um pouco do próprio leite nos mamilos e deixe secar sozinho, sem sutiã. De preferência, tome um pouco de sol nos mamilos. E caso haja fissuras, consulte o obstetra.

+ Cuidados com a alimentação da mãe podem garantir uma amamentação de qualidade


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622


click here for Latest and Popular articles on SAP ERP