Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Cazuza

0
0

Agenor de Miranda Araújo Neto, conhecido como Cazuza nasceu no Rio de Janeiro e foi um cantor, poeta e escritor brasileiro. Ele ganhou fama como vocalista da banda Barão Vermelho, mas a carreira começou muito antes disso. Em 1965, Cazuza já escrevia letras e poemas e, por conta do seu pai, que era um produtor fonográfico, ele cresceu ao lado de grandes nomes da música brasileira como Elis Regina, Gilberto Gil, João Gilberto, Caetano Veloso entre outros. Além disso, sua mãe, Lucinha Araújo também era cantora e chegou a gravar três discos.

Como não levava os estudos muito a sério, Cazuza começou a trabalhar com o seu pai em uma gravadora e fez triagem de fitas para novos cantores. Depois disso, começou a trabalhar como assessor e divulgava novos cantores. Mais tarde, ele começou a participar de um grupo teatral no Rio de Janeiro e, em uma das peças, cantou em público pela primeira vez.

Cazuza acabou agradando como cantor e, depois de Léo Jaime recusar o convite para integrar uma nova banda de rock, Cazuza acabou sendo indicado e aceitou o convite. Assim surgiu a banda Barão Vermelho, que lançou o seu primeiro álbum em 1982. No ano seguinte, lançaram um novo álbum que chegou a vender 15 mil cópias. Nessa época, Cazuza foi considerado o maior poeta de sua geração.

Em 1985, Cazuza deixou a banda e começou a seguir carreira solo. Em novembro, ele havia lançado o álbum 'Exagerado', parceria com Leoni e uma das marcas registradas de Cazuza. Ele gravou outros grandes sucessos como ‘O Nosso Amor a Gente Inventa’, ‘Ritual’, ‘Só Se For a Dois’. Porém, em 1987, Cazuza foi internado por pneumonia e exames mostraram que o cantor era portador do vírus HIV. Ele acabou indo para os Estados Unidos e fez tratamentos durante dois meses.

Ao retornar para o Brasil,  lançou seu novo álbum com sucessos como ‘Brasil’, ‘Ideologia’, ‘Faz Parte do meu Show’. Em 1989, lançou o ‘O Tempo Não Para’, gravado no Canecão. O álbum alcançou mais de 500 mil cópias vendidas.

Em 1989, Cazuza assumiu publicamente que era soropositivo, ajudando a conscientizar os brasileiros sobre a doença. Na cadeira de rodas e com a voz mais fraca, ele lançou o seu último álbum ‘Burguesinha’. Em outubro do mesmo ano, Cazuza mudou-se para os Estados Unidos para um novo tratamento e lá ficou internado até março de 1990. Em julho, ele faleceu aos 32 anos por um choque séptico causado pela AIDS.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622


click here for Latest and Popular articles on SAP ERP