Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

PFW: Minimalismo chique e japonismo marcam o segundo dia

0
0

A semana de moda de Paris começou na terça-feira, 24, mas foi hoje que os grandes nomes da costura mundial iniciaram suas apresentações.

Um olhar geral sobre os desfiles desta quarta-feira deu o mood do verão parisiense. O minimal veio para fazer a diferença. Shapes arquitetônicos, cartela de cores reduzidas, inspirações tecnológicas, futuristas e uma estética clean compuseram os elementos para a próxima estação.

+ As 50 bolsas mais incríveis da Semana de Moda de Milão

+ Com salto ou sem, os sapatos mais adorados da LFW

+ NYFW: Inspire-se em mais de 600 vestidos saídos diretamente das passarelas

Gareth Pugh rompeu os tons sóbrios e desfilou prata, branco, turquesa em efeitos plastificados, ombros arredondados, saias alongadas, tops e casacos que remetiam ao uniforme de judô. A propósito, o japonismo deve ser uma das grandes tendências que vão passar pelo Paris Fashion Week.

O belga Dries Van Noten abriu o desfile com silhuetas sóbrias, duras, mas logo abriu para os dourados, beges e ouro em peças de tecidos naturais e saias com plissados 3D. 

Alexis Mabille propôs a imagem da "Bomb Girl", uma mulher liberta, próximo a figura das pin-ups do ilustrador peruano Alberto Vargas, ou seja, bustos voluptosos e bocas vermelhas

O dia foi de modelagens largas e muita alfaiataria. No verão do ano que vem o hiperfeminismo chique flerta com o masculino. É a tentativa de borrar as fronteiras de gênero, mas sem perder aquilo que é intrínseco à mulher ou ao homem. A moda tem conseguido isso.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622