Quantcast
Channel: CARAS
Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Gaby Hoffmann relembra gritos de Mel Gibson

0
0

Ela tinha apenas 11, mas Gaby Hoffmann ainda recorda bem os gritos de Mel Gibson. O Homem Sem Face, produção de 1993, em que a atriz norte-americana atuou sob a direção do astro, deixaram memórias não tão boas em Gaby.

“Ele gritava comigo. Oh, Deus, ele realmente gritava comigo”, relembrou ela ao HuffPo. A experiência ao lado de Gibson deixou suas marcas, a atriz contou que, durante o período, chegava até a chorar. “Eu acho que eu atuei como uma criança ao invés de encarnar uma atriz profissional”, brincou ela, referindo-se ao motivo que pode tê-lo irritado. “Acontece ao menos uma vez quando você é apenas uma criança”, ironizou. O temperamento vulcânico de Gibson já criou mais de um problema ao ator e diretor perante à lei. Em 2010, foi acusado de agredir a ex-namorada, a cantora russa Oksana Grigorieva.

Mel Gibson dá sua versão do caso judicial em que é acusado de agredir a ex-namorada

Sua ex ainda alegou que o ato aconteceu enquanto ela segurava a filha do casal, Lucia, no colo. Após o episódio, Mel foi condenado a cumprir três anos de liberdade condicional. No mesmo ano, enfrentou ainda uma acusação de racismo por um funcionário da Imigração dos Estados Unidos. Em 1991, também foi apontado como homofóbico numa entrevista ao impresso El País.

Já no ano passado, em guerra com Joe Eszterhas - ex-companheiro de trabalho que divulgou uma gravação de um ataque de fúria de Gibson -, o astro hollywoodiano admitiu ao apresentador Jay Leno durante o talk show The Tonight Show da NBC seus problemas de humor. “Talvez vocês não saibam, mas sou sim um pouco temperamental”, declarou ele.

Mel Gibson responde acusações do roterista de 'The Maccabees'

Hoje, 20 anos depois, Gaby Hoffmann superou o desafio. “Eu já tive que trabalhar com um monte de diretores homens difíceis quando era criança, mas desde então também amei o trabalho com outros, por isso não faço mais distinção entre sexo e idade”, esclareceu Gaby. Ela e o diretor não se vêem desde então, mas ela deixou um recado ao HuffPo para ele, “espero que você esteja se sentindo melhor, Mel”.

Gaby ainda comentou a relação entre a equipe numa produção cinematográfica."Ou vocês estão no mesmo barco, ou não”, explicou Gaby sobre a relação entre diretores e atores. “E se vocês não estão, é bem ruim”, completou. “Eu acho que John Hughes não gostou de mim. Já Mel Gibson, eu acho que nós todos podemos concordar, seria difícil para qualquer um”. John Hughes e Gaby trabalharam juntos em 1989, durante as filmagens de Quem Vê Cara Não Vê Coração.


Viewing all articles
Browse latest Browse all 3622

Latest Images

Trending Articles





Latest Images