Are you the publisher? Claim or contact us about this channel


Embed this content in your HTML

Search

Report adult content:

click to rate:

Account: (login)

More Channels


Showcase


Channel Catalog


Channel Description:

Sempre com Você

older | 1 | .... | 59 | 60 | (Page 61) | 62 | 63 | .... | 182 | newer

    0 0

    Gwyneth Paltrow surpreendeu o público durante uma entrevista no Lately Show na noite de segunda-feira, 29. Recentemente ela disse que se sentiu humilhada por comentários a respeito de um vestido transparente que usou na pré-estreia de Homem de Ferro 3.

    Casada com o cantor do Coldplay, Chris Martin, a atriz revelou um conselho irreverente que deu uma vez a uma amiga para um casamento feliz. Na ocasião, ela disse que o sexo oral era "a solução para as mulheres se prevenirem de brigas com seus maridos".

    A estrela não soube lidar com naturalidade ao fazer o picante comentário enquanto conversava com a apresentadora Chelsea Handler. Ela ficou visivelmente envergonhada.

    Paltrow estava em um jantar com amigas, incluindo Handle, quando uma delas disse que estava furiosa com o marido. Segundo a apresentadora, a atriz recomendou a ela que não ficasse com raiva - antes de dar o seu conselho.

    "Estávamos em uma festa e essa menina estava pedindo um conselho. Gwyneth é uma conselheira incrível", disse a apresentadora ao público. Visivelmente constrangida, Paltrow colocou as mãos na cabeça e falou:"E se a minha mãe estiver assistindo ao programa?" 


    0 0


    Depois de Emma Watson (23) ter decidido não estrelar a nova versão de Cinderella, a Disney teve que correr atrás para encontrar outra garota. A escolha do diretor Kenneth Branagh (52) foi a promissora Lily James (24), que atualmente faz parte do elenco da série Downtown Abbey.

    Lily irá contracenar com Cate Blanchett (43), que aceitou o papel da madrasta malvada. Ainda faltam definir quem será o Príncipe Encantado, a Fada Madrinha e as irmãs da Cinderella.

    O filme não tem previsão de estreia. Este será o segundo grande filme da carreira de Lily, que interpretou Korrina em Fúrias de Titãs 2 (2012).


     


    0 0

    Para Andréa Guimarães, é preciso conciliar orçamento e bom gosto: 'A 25 de Março tem muita coisa bacana'

    0 0

    A dupla Patati e Patatá esteve envolvida em boatos de demissão nesta semana, mas tudo não passou de um mal entendido. De acordo com comunicado da assessoria de imprensa do SBT, os palhaços irão continuar no time de artistas da emissora de Silvio Santos (82). Porém, terão mudanças na programação.

    Os dois comandavam o Carrossel Animado e, agora, irão dividir o comando do Bom Dia & Cia com as crianças da novela Carrossel Jean Campos, Matheus Ueta, Maísa Silva e Ana Vitória– e a dupla Bozo e Vovó Mafalda. A estreia deles acontecerá na próxima semana, com o lançamento de novas brincadeiras e prêmios.

    “Procuramos manter a excelência do programa realizando um trabalho para todos os públicos, desde os bebês até os adultos”, afirmou Silvia Abravanel, diretora de núcleo infantil do SBT.


    0 0


    Kristen Stewart (23) se envolveu em mais uma polêmica. A atriz decidiu sair do filme Focus, da Warner Bros., depois que Will Smith (44) foi contratado para ser o protagonista do longa. Segundo a revista Variety, a namorada de Robert Pattinson (26) teria alegado que a diferença de idade entra ela e Smith seria muito grande para serem par românticos. A história não colou...

    Acontece que Smith entrou no projeto depois que Ben Affleck (40) pediu para sair. E, enquanto o marido de Jennifer Garner (41), que é apenas quatro mais novo do que ele, estava no projeto, Kristen não tinha feito nenhuma reclamação.

    Os leitores da Variety começaram a criticar Kristen pela decisão, acusando a atriz de ser racista. Além disso, eles lembram que a atriz se envolveu no ano passado com o diretor Rupert Sanders (42), com quem não teve o menor problema de diferença de idade. 

    Troca-troca

    Focus, que gira em tonro de uma vigarista jovem que se une a um vigarista experiente, será dirigido por Gleen Ficarra e John Requa. A ideia inicial da Warner Bros. era contratar Emma Stone (24) e Ryan Gosling (32), que já atuaram juntos em três filmes, para protagonizar o longa. Porém, Gosling estava com a agenda de trabalho cheia e acabou saindo do projeto.

    A Warner foi atrás de Brad Pitt (49), que também não pode aceitar o personagem, e depois conseguiu Ben Affleck para o papel. Mas ao contratarem Kristen Stewart para personagem feminina da história, Affleck pediu para sair, pois não queria ter sua imagem relacionada aos recentes escândalos da atriz.


    0 0


    Nesta terça-feira, 30, aconteceu a cerimônia de coração do novo rei da Holanda, Willem-Alexander, e também de sua mulher, Máxima Zorreguieta, que recebeu o título de rainha consorte, após a abdicação do trono da rainha Beatrix em prol de seu filho. Membro da família real há mais de 10 anos, Máxima sempre exibiu seus belos modelitos nos eventos oficiais, com elegância e estilo fashion.

    Nascida na Argentina, ela promete atrair ainda mais os olhares do mundo agora que assume o posto de rainha. Máxima é amada pelos seus súditos, que a admiram pelo seu lado de social no país e também pela sua beleza e estilo. Desde que se tornou princesa, a mulher de Willem-Alexander mostrou que sabe combinar os looks.

    Ela abusa dos pontos de cor em seus visuais, colocando acessórios coloridos em modelitos sóbrios, com os vestidos de festa em tons fortes e até nos looks mais simples, como um vestido nude ou branco.

    Confira na galeria os 15 looks de Máxima!
     


    0 0

    Na Ilha da CARAS a atriz revela sua beleza deslumbrante. Veja os bastidores do ensaio fotográfico

    0 0

    Mamãe do pequeno Marcelo (3), fruto do relacionamento com Daniel Cady (27),  Ivete Sangalo (40) relembra da época do nascimento do menino e conta que pensou em deixar de ser cantora para poder se dedicar exclusivamente à maternidade. “Quando tive o Marcelo, fiquei doida. Eu disse: ‘Meu Deus, não quero mais ser artista’. Mas eu cuidei para que ele pudesse ir e vir sem ser assediado, para que ele tivesse a vidinha dele”, afirmou ela, de acordo com o site do programa Encontro com Fátima Bernardes.

    Ser mãe fez com que Ivete mudasse o seu jeito de pensar e de dar prioridades na vida. “Até eu casar, ser mãe, era eu e eu mesma. Acho que eu passei muito tempo me dedicando a mim, aí eu tive filho e um marido que funcionam na mesma frequência. A gente cuida dos dois. Não priorizo menos a mim, mas acho que esse conjunto me dá felicidade. Eu cuido de mim cuidando dos dois. Mudei minha vida, mudei o ritmo. Vou trabalhar muito, mas em outro ritmo. O que eu fazia em uma semana, eu faço em um dia. É uma loucura, é estressante, mas volto para a minha casa e tenho prazeres que poucas mulheres têm”, comentou.

    Com o crescimento de Marcelo, a artista se preocupa com a educação do herdeiro. “A preocupação que meus pais tinham em relação a gente, eu não tenho porque posso dar tudo do bom e do melhor para ele. Mas quero dar a mesma educação que os meus pais me deram. Quero que ele tenha a mesma índole”.
     


    0 0


    Doze anos após ter feito sua primeira novela, Solange Badim (49) conquistou o público na pele da batalhadora Delzuíte, a moradora do Morro do Alemão de 'Salve Jorge" capaz de perdoar as traições do marido, o mulherengo Pescoço, vivido por Nando Cunha (46). Com 30 anos de carreira no teatro, e fazendo sua segunda novela, a atriz se diz feliz com a repercussão da personagem, mas ressalta que o sucesso na trama de Glória Perez (64) não modificou sua rotina. "Sou uma pessoa normal". Veja a seguir a entrevista de Solange exclusiva para CARAS Online.

    - Delzuíte tem dividido a opinião das mulheres ao fazer vista grossa para as malandragens de Pescoço.  E você, que interpreta a personagem, o que acha da atitude dela?

    - Em primeiro lugar, acho difícil fazer qualquer julgamento quando se trata de amor. Cada um sabe de suas carências e necessidades, que são tão diferentes de pessoa para pessoa.  Então é muito difícil julgar alguém  envolvido pelo amor.

    - Como você definiria a Delzuíte, uma mulher capaz de perdoar tantos erros do homem que ama?

    -  A Delzuíte é uma mistura de muitas mulheres, por isso ela ganha uma pincelada mais forte. É claro que existem muitas Delzuítes por aí... mulheres que amam demais – tema que já foi abordado numa novela de Manoel Carlos - mulheres que são muito inseguras, com a autoestima mal trabalhada, que tem medo de ficar sozinha. Ela gosta desse homem, é uma mulher batalhadora, sofrida e que se sente feliz com ele.  O Pescoço é um bom amante, divertido e ela acaba fechando os olhos para outras coisas... Também tem um instinto maternal. Ela não se importa se é ela que banca, que corre atrás para manter a casa. São escolhas que a pessoa faz. Ela passa muitas dificuldades, mas só o fato de estar com aquele cara já a faz feliz.

    - Você já experimentou alguma situação como a vivida por sua personagem?

    - Um pouco, não do nível da Delzuíte, nada relacionado à traição, mas coisas de incompatibilidade de vida mesmo. É aquela história de pensar: ‘sei que isso uma hora vai acabar, mas não vou matar o amor, uma hora ele vai acabar’. E chegou um momento em que disse: ‘essa história acaba aqui’. Chorei muito, mas não tenho medo de viver.

    Na reta final de ‘Salve Jorge’, Delzuíte é envolvida pelo tráfico de crianças ao descobrir que Aisha ( Dani Moreno (27) é realmente a filha que ela imaginava morta. O que acha da novela ter discutido esse assunto?

    -  Discutir essa questão é muito bacana. Quando começou a novela, vi alguns documentários de meninas que tinham sido ‘doadas’ de maneira estranha...  a Glória é genial, teve muita sensibilidade de abordar essa questão. Esse vazio que a Aisha sente é muito comum em meninas que passam por essa situação, um vazio que elas sentem e que talvez nunca seja suprido.

    Como se sentiu ao gravar as cenas do encontro de Delzuíte e Aisha?

    -  Sou mãe de uma menina de 13 anos. Todas as preocupações do mundo são relacionadas ao filho, tudo gira em torno deles, é uma referência. Eu me emocionei muito. Desde o início da novela rolou uma empatia muito forte com a Dani, a gente se abraçava e dizia: quando é que esse encontro vai acontecer? No dia de gravar, estava muito ansiosa e fiquei muito emocionada. Fiquei imaginando como deve ser louco você encontrar uma pessoa que não vê há 20 anos.  O ideal é que as pessoas não criem muitas fantasias sobre esses encontros, às vezes rola uma rejeição... No caso da Aisha, ela vai ter uma rejeição pelo fato daquela família ser pobre, morar na favela...
    Meu desejo é que elas fiquem amigas, que tenham afeto, que isso acalme o coração da Aisha e que cada um siga sua vida.

    Você não é um rosto muito conhecido em televisão.  Como tem sido a experiência?

    - Tenho 30 anos de carreira e essa é a minha segunda novela depois de 12 anos, a primeira foi Porto dos Milagres. Fui pisando em ovos. Na televisão é difícil dimensionar essa coisa do sucesso. As pessoas me dizem que estou fazendo sucesso com a Delzuíte, eu me surpreendo e pergunto: estou? No teatro a resposta e imediata, na televisão, não.  Nas ruas as pessoas sempre me olham  e dizem para eu não deixar o Pescoço maltratar a Delzuíte. Fico feliz com o carinho.

    - Sua vida mudou com o sucesso na novela?

    -  Acho que essa coisa de celebridade é você quem acaba fazendo, dá para se preservar, você escolhe. As pessoas me param, pedem para tirar foto e fico feliz. Eu sinto que as pessoas querem te tocar por você estar na televisão, isso não me infla. Sou desligada dessas coisas, sou uma pessoa normal, que leva a filha no colégio. Eu gosto de andar bem, mas se tiver que ir na rua de chinelo e camiseta, eu vou, não vou me maquiar por causa disso.

    -  Pretende continuar na televisão ou deseja voltar para o teatro?

    - O teatro está no sangue, é uma necessidade física e intelectual. Mas espero não dar um hiato tão grande na televisão, é outra forma de interpretar, são outros desafios.

    -  Qual o fim que gostaria de ver para Delzuíte e Pescoço?

    - Acho que ela tem que terminar a novela com ele, mas ele tem que arrumar um trabalho.

     


    0 0

    As premiações e pré-estreias de Hollywood são alguns dos eventos mais esperados do ano em todo o mundo não apenas porque premiam os melhores do ano ou porque marcam a chegada de um longa aos cinemas. Os looks que as estrelas escolhem para usar no tapete vermelho também são muito aguardados por críticos e amantes da moda, pois eles ditam tendência.

    Mas, assim como há looks que chamam a atenção por deixarem uma atriz ainda mais bonita, há escolhas que não as favorecem, virando motivo de piada e alvo de críticas negativas, independente do preço ou do estilista responsável pela criação da peça.

    Relembre 10 looks controversos usados por celebridades em festas e eventos glamourosos que deram o que falar!

    Gwyneth Paltrow (40): durante a estreia do filme O Homem de Ferro 3 em Hollywood, em 24 de abril de 2013, a atriz usou um vestido Antonio Berardi que deixava a lateral das pernas à mostra. Poucos dias depois, ela declarou que se sentiu humilhada devido às críticas que leu e ouviu a respeito do seu look.

    Gwyneth Paltrow (Fotos: Getty Images)

    Anne Hathaway (30): em 22 de fevereiro de 2013, com receio de ficar parecida com Amanda Seyfried (27), a atriz deixou de lado o vestido Valentino e optou por um Prada para participar da cerimônia do Oscar, na qual ganhou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante por sua atuação em Os Miseráveis. Resultado? Ela acabou virando piada na internet e alvo dos críticos de moda.

    Anne Hathaway (Fotos: Getty Images)

    Lady Gaga (27): virou o assunto mais comentado ao chegar ao MTV Music Awards, em 12 de setembro de 2010, usando um vestido assinado por Franc Fernandez feito somente de carne. O look causou revolta por parte do PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais), organização que visa garantir os direitos dos animais.

    Lady Gaga (Fotos: Getty Images)

    Jennifer Lopez (43): seu vestido Versace, usado na cerimônia de entrega do 42º Grammy Awards, em 23 de fevereiro de 2000, foi o assunto preferido dos críticos de moda. Mesmo com os comentários negativos, a artista declarou em uma entrevista, em 2012, que repetiria o look.

    Jennifer Lopez (Fotos: Getty Images)

    Rose McGowan (39): conhecida por usar vestidos polêmicos e nada fashions, ela fez jus à fama ao optar por um vestido com rendas e da mesma cor que seu cabelo para ir à premiere do filme Legalmente Loira 2, em Nova York, em 30 de junho de 2003. Vale lembrar que, na 15ª edição do MTV Music Awards, em 10 de setembro de 1998, ela usou um vestido frisado que deixava suas partes íntimas à mostra, o que gerou um tumulto no evento.

    Rose McGowan (Fotos: Getty Images)

    Anne V (27): para apoiar o então namorado, Adam Levine (34) – vocalista da banda Maroon 5 –, na cerimônia de entrega do 54º Grammy Awards, em 12 de fevereiro de 2012, a modelo optou por um vestido Vacarello que deixavam detalhes de seu corpo à vista. Apesar da boa forma, a angel da Vistoria’s Secret não agradou a crítica.

    Anne V (Fotos: Getty Images)

    Björk (47): a exótica cantora deixou os espectadores intrigados durante a 73ª edição dos Academy Awards, em 25 de março de 2001, em Los Angeles. Desenhado por Marjan Pejoski, o vestido virou motivo de piada em todo o mundo, sendo satirizado em filmes e em entrega de prêmios mais descontraídos.

    Björk (Fotos: Getty Images)

    Heidi Klum (39): a modelo usou um vestido Julien Macdonald na 21ª Annual Elton John Foundation Academy Awards Viewing Party, em 24 de fevereiro de 2013, que evidenciou seus seios. Durante a própria festa, ela revelou que muitas pessoas estavam elogiando seu look, mas que, enquanto falavam, não olhavam para seus olhos. Por que será?

    Heidi Klum (Fotos: Getty Images)

    AnnaLynne McCord (25): a atriz da série 90210 causou controvérsia entre os críticos de moda ao surgir com um vestido Lloyd Klein cujo decote parecia as mãos de um homem na 11ª edição da festa pós-Globo de Ouro da Warner Bros./InStyle. Na época, ela se desculpou por usar um look comprometedor e disse que a intenção não era deixar ninguém chocado.

    AnnaLynne McCord (Fotos: Getty Images)

    Toni Braxton (45): a cantora do sucesso He Wasn’t Man Enough chamou mais atenção por seu look do que pelo prêmio que ganhou durante a 43ª edição do Grammy Awards, em 21 de fevereiro de 2001. Com um vestido ultrarrevelador assinado por Richard Tyler, ela mostrou demais enquanto posava para fotos com seu troféu em mãos.

    Toni Braxton (Fotos: Getty Images)


    0 0


    A  culpa dos homens brasileiros serem ‘travados’ para se vestir é... das mulheres. Quem afirma é Lula Rodrigues, jornalista e consultor de moda masculina. “Na maior parte das vezes, quem compra a roupa do homem é a mulher”, diz. Para ele, a ala feminina até gosta de ver homens se vestindo de um jeito fashion – alguém aí lembrou de David Beckham? –, mas não ousa na hora de compor o look do próprio namorado. Afinal, ter um parceiro metrossexual significa menos espaço no armário e na frente do espelho. E os homens não se importam? “Não, porque se a roupa estiver ruim, o erro é dela, não dele”, diz Lula.

    O psicólogo Tiago Lupoli concorda. “É uma situação cômoda para os homens. Mas atualmente os relacionamentos tendem a ser mais igualitários, o que pressupõe que cada um assuma suas escolhas e cuide da sua individualidade, o que inclui o guarda-roupa”, afirma. Infelizmente, a sociedade ocidental (incluindo as mulheres) continua sendo machista, e torce o nariz para homens que gostam de moda. Mas isso não impede que eles se interessem. Basta olhar para os ingleses e italianos. “Nesses países, o interesse é cultural e o homem tem a obrigação de estar bem-vestido”, diz Fabio Paiva, editor de moda. E não por coincidência, foi exatamente em Londres e Florença, em janeiro deste ano, que aconteceram as semanas de moda masculina mais comentadas da temporada: a London Collections e a Pitti Uomo, prestigiadas por críticos de moda, como a poderosa Suzy Menkes, do Herald Tribune.

    Especialistas afirmam que o assunto nunca teve tanta visibilidade. Para se ter uma ideia, na última década, mais de 20 livros sobre moda masculina foram lançados. Este ano, pela primeira vez, uma revista de moda masculina, a Fashion for Men, chegou a 820 páginas. “A moda masculina movimenta um grande mercado. Esse filão só vem crescendo”, afirma Paiva. Dados recentes da consultoria britânica Market­Line confirmam esse cenário, inclusive no Brasil. O mercado de moda masculina no país cresceu 7% em 2012 e fechou o ano movimentando US$ 17,1 bilhões. Em 2017, a previsão é que esse número suba para US$ 23,6 bilhões, uma alta de 38% em relação a 2012. O crescimento da demanda pode ser explicado pelo aumento de referências a que o brasileiro tem acesso – com mais revistas especializadas à disposição, por exemplo –, mas também pela constante necessidade das marcas descobrirem novos nichos para comercializar novos produtos. E nada mais promissor do que o segmento masculino no Brasil.

    O fato é que nos últimos anos, o mercado reconheceu que os homens também querem roupas que tornem seu guarda-roupa menos enfadonho. Ben Perdue, editor de menswear da consultoria britânica WGSN, especializada em análise de tendências, diz que os homens estão, definitivamente, mais seguros no jeito de se vestir e de comprar roupas.“Tanto a relevância comercial quanto a criatividade masculina têm criado uma efervescência no segmento”, diz. E ele aponta algumas tendências para o verão, como as peças sportswear, navy, p­re­p­­py, além das calças chino coloridas, das calças cropped e das estampas camufladas. Ressalta também o retorno do punk e do grunge em peças como a calça skinny e estampas xadrezes e uma alfaiataria mais colorida, inspirada nos anos 1970. Perdue lembra que os tecidos tecnológicos, muito associados ao esporte, têm grande apelo junto ao público masculino. “O neoprene é o novo tweed”, concorda Lula Rodrigues. Este é um trunfo que pode convencer seu namorado a usar peças mais fashion: unir moda, tecnologia e esporte é uma ideia que geralmente dá certo e produz resultados interessantes. Mas, acredite, alguns homens são seduzidos por tecidos bem menos “másculos”.

    A alagoana Martha Medeiros que o diga. Ela acaba de lançar sua primeira coleção masculina feita com um elemento bem feminino: a renda renascença. “Tem que ser muito macho para usar”, diz a estilista bem-humorada. Ela conta que a ideia veio de uma conversa com um cliente de Saint-Tropez, na França. E de um pedido do empresário Rico Mansur, que queria uma camisa de renda branca para usar no réveillon. “O homem é vaidoso, gosta de exclusividade”, afirma. E para quem não acredita no sucesso da coleção, Martha informa: “Mal terminou o desfile e diversos pedidos já estavam sendo feitos”.

    Mesmo depois de ler tudo isso, muitas leitoras certamente ainda não conseguem imaginar o namorado usando calças na altura do tornozelo e sapato oxford sem meia, certo? Mas há maneiras de convencê-lo a ser mais fashion. Ouse nos acessórios. “E nunca pergunte a um homem se ele é vaidoso ou se gosta de moda. Ele vai travar”, afirma Lula Rodrigues. O psicólogo Tiago Lupoli aconselha a não forçar a barra. “Seja parceira, acompanhe seu namorado nas compras e peça a opinião dele. A troca torna os relacionamentos interessantes”, diz.

    A verdade é que, com a internet, tudo ficou mais fácil para os homens. Mesmo sem a “consultoria” de uma mulher, sites e blogs de moda servem como fonte de informação e inspiração, como o Mr. Porter. A loja on-line de menswear global, que é um fenômeno desde 2011, traz tendências, ensina a usá-las e, principalmente, ‘salva’ diversos homens que odeiam ir aos shoppings. Referências de homens estilosos também não faltam. Exemplos como os cantores Seu Jorge e Jay-Z, os atores Johnny Depp e Rodrigo Santoro, além do jogador de futebol David Beckham e do príncipe Harry, provam que acrescentar atitude ao look não tem nada a ver com ser “afeminado”. Nas ruas brasileiras, já é possível notar que alguns homens acompanham as tendências. Mas a mudança é cultural e, por isso mesmo, lenta. Um cachecol aqui, uma calça colorida ali e pronto. Um dia acordaremos e descobriremos que, ao nosso lado, dorme um homem de alma fashionista.

    Dicas para um homem fashion e másculo!

    Lula Rodrigues e Fabio Paiva ensinam o que – e como – vestir para conseguir um look elegante e contemporâneo usando as últimas tendências da moda masculina

    -Bolsa é, sim, coisa de homem! Prefira as do tipo carteiro ou as quadradas de mão para levar o tablet
    -Aposte na calça cropped, a famosa “pula-brejo” ou “pega-siri”. Vale dobrar a barra de um jeito displicente
    -A calça cargo continua na moda e a calça chino colorida está em alta!
    -Nos pés: sandália flip flop de couro, sapato Oxford com ou sem meia, sapato topsider colorido e o monk strap. “É o novo Oxford”, diz Lula
    -As polos são esportivas e elegantes, mas prefira as lisas
    -Escolha uma alfaiataria mais justa, com tecidos leves. Equilibre a silhueta. “Adequação acima de tudo”, diz Paiva
    -Nas estampas, camuflagens e xadrez madras
    -Para os irreverentes, funny socks (meias coloridas)
    -Ouse nos acessórios, como sapatos, cintos, gravatas e echarpes
    -A gravata fina é para os mais jovens e pode ser usada com tênis e jeans. A média é para quem tem o pescoço curto. E a larga é para os altos
    -Abuse dos tecidos tecnológicos
    -Barba espessa é tendência, desde que bem cuidada
    -Cores em alta: azul acqua e laranja ‘tangerine’


    0 0


    O cantor Roberto Carlos (72) não integra mais o time dos solteiros. Segundo Carlos Alberto Braga (79), irmão mais velho do Rei, o artista está comprometido.

    “Ele nunca está sozinho, acho que está [namorando], mas gostaria que ele dissesse”, contou Carlos Alberto na noite desta terça-feira, 30, no Espaço das Américas, em São Paulo, durante o show de Roberto Carlos.

    Acompanhado da mulher, Maria de Fátima (51), Carlos Alberto relembrou florescer do talento do irmão, ainda na infância. “Nossos pais dedilhavam violão na nossa infância, então, todos crescemos nesse ambiente musical. Mas o Roberto era o que mais se interessava. Ele era um aluno normal na escola, como qualquer um, mas sempre mostrou interesse em aprender música. Cantava tudo o que tocava no rádio e mostrava para a casa. Ele nunca foi uma criança levada ou rebelde, sempre foi comedido e focado no seu ideal, que já era a música. Roberto era muito ligado nos estudos, porque o negócio dele era outro, mas ele também nunca deu trabalho para os professores”, completou. “A nossa mãe sempre incentivou ele, principalmente quando ele chegava em casa todo entusiasmado por causa de alguma música”.

    O irmão do Rei também contou algumas curiosidades sobre a intimidade do cantor. “O Roberto ama vinhos e adora uma macarronada. Come muitos vegetais e peixes também, mas carne vermelha nunca. Ele também adora novelas e está acompanhando ‘Salve Jorge’, acrescentou ele.

    Sobre a polêmica a respeito de Roberto Carlos ter proibido a publicação de uma biografia, Carlos Alberto defende o irmão. “Não é que ele seja contra, ele só prefere não expor as pessoas que passaram pela sua história e que não gostariam de aparecer. Roberto sempre foi um homem muito reservado”, finalizou.


    0 0


    No capítulo desta terça-feira, 30, na novela de Chris Brown (23) e Rihanna (25), o rapper teve uma crise de ciúmes da namorada, após ver fotos da cantora de Barbados ao lado de um rapaz chamado Justin LaBoy, que aparece dando e recebendo beijinhos na bochecha dela. Tomado pela sua raiva, Brown decidiu se vingar da amada dando unfollow no Twitter.

    Mas não foi só pelas fotos com Justin LaBoy que o rapper se irritou. Rihanna também voltou a falar com Drake (26), inimigo mortal de Brown. Ela até deu follow no rapaz pelo Instagram.

    Nas últimas semanas, a imprensa americana divulgou várias histórias sobre o casal, que cada hora arranja uma desculpa para terminar o relacionamento. Clinton Brown, o pai do rapper, decidiu abrir para o público o que ele pensa sobre essa confusão amorosa.

    "Eu pessoalmente não queria de verdade que eles voltassem. Você tem que ter um equilíbrio em um relacionamento, você tem que ter alguém que seja espontânea e caprichosa, mas você também tem que ter uma pessoa que seja lógica e tenha fundamentos. Eu odeio usar exemplos, mas Michael Jackson, Whitney Houston e Amy Winehouse e muitos outros, não são o exemplo de que não se pode ter fama e dinheiro sem ter a morte como resultado?!", disse Clinton, que dúvida do sentimento entre o filho e Rihanna:"Às vezes você só precisa daquela pessoa que irá o ouvir sem julgar, que você sabe que se sente da mesma forma. Se ele falar com alguém que não é do meio artístico, certamente essa pessoa não vai entender."


    0 0

    O ator Mateus Solano (32) já está pronto para lançar o vilão Félix na novela Amor à Vida, próxima trama das 9 da Globo, que deverá substituir Salve Jorge. Gravando as primeiras cenas, o artista revelou que, na vida real, é o oposto de seu personagem. Enquanto Félix é um pai ausente para Jonathan (Thalles Fontana), Mateus faz de tudo para passar o maior tempo possível ao lado da filha, Flora (2), fruto do casamento com Paula Braun (34). “Eu, dentro do possível, dentro da vida loura que levo, sou um pai presente. Mesmo vindo ao Projac todos os dias agora, sempre que tenho um tempinho livre procuro um momento de qualidade com a minha filha, a gente brinca bastante”, declarou ao site oficial do folhetim. 

    Para Solano, o vilão é um verdadeiro desafio em sua carreira. “O Félix não tem limites e, ao mesmo tempo, tem um humor danado. É um desafio que o Walcyr Carrasco [autor] colocou na minha mão, literalmente. Ele até me disse: ‘Quero ver o que você faz com esse personagem’”, comentou ele.

    O artista fez um intenso trabalho de preparação para começar a gravar.“A maldade todo mundo tem. O ator só deve buscar conhecer isto em si. Tenho estudado bastante sobre o nazismo e a história de como o povo alemão foi seduzido pela maldade. Tenho pesquisado também sobre sedução, Maquiavel, essas coisas. O mundo do Félix é esse, maldade pelo poder”, afirmou.

    Uma das tramas do vilão na novela será contra o seu pai, César (Antonio Fagundes), com quem não tem muita afinidade. “Ele tem uma questão com o pai de querer mostrar que pode ser igual a ele, ter mulher, filho, uma família de comercial de margarina. O cara tem várias facetas, acho que nem ele se conhece direito”, afirmou.

    Amor à Vida deverá estrear em 20 de maio e tem a direção de núcleo de Wolf Maya e direção geral de Mauro Mendonça Filho.


    0 0


    No dia 1º de maio de 1994, o Brasil perdia um grande ídolo no automobilismo, o piloto Ayrton Senna. Nesta data, ele sofreu um acidente no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, Itália, no grande prêmio de San Marino. Não resistiu aos graves ferimentos na cabeça e foi declarado morto horas depois de ter sido levado para o hospital. A dor da perda completa 19 anos nesta quarta-feira, 1º, e faz o país relembrar, com saudades, as conquistas do piloto.

    Senna nasceu em São Paulo em 21 de março de 1960. Iniciou a sua carreira como piloto de kart e, em 1984, estreou na Fórmula 1. Nos anos de carreira, ele colecionou vitórias, tendo conquistado três vezes campeão mundial, nos anos de 1988, 1990 e 1991, além de ter como seu maior rival o piloto Alain Prost (58), com quem correu na escuderia McLaren-Honda.

    A carreira de sucesso de Ayrton Senna, ídolo do Brasil, também é um orgulho mundial. Reconhecido pela sua velocidade na pista, foi eleito o melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos pelo canal britânico BBC. A emissora fez uma lista com os 20 melhores pilotos da história do esporte e o brasileiro liderou a votação. “Senna dirigiu desde o começo de sua carreira até o fim como se estivesse determinado a testar os seus limites de ser humano e a capacidade física. Muito antes de mostrar que era um ser humano extraordinário, era óbvio que ele era um extraordinário talento em um carro de corrida”, disse a publicação.


    0 0


    Antes de terem os closets abarrotados de roupas de grife, desfilarem em sapatos de marca e viverem em mansões, alguns famosos tiveram que se virar para conseguir o dinheiro do sustento.  E eles encararam empregos que não tem nada a ver com o que fazem atualmente. As profissões de antes da fama vão desde vendedora de marmita, engraxate, garçonete...

    Já imaginou ser atendida pelo James Franco (34) durante uma visita ao McDonald’s? E ter o carro abastecido por ninguém menos que Johnny Depp (49)? Ou ainda encomendar uma quentinha por telefone e ter ninguém menos que Ivete Sangalo (40) batendo na porta da sua casa para entrega-la?  Fique por dentro do que os artistas faziam antes da fama.

    Quem imaginaria que Brad Pitt (49) teria experiência como motorista ou garoto-propaganda de um restaurante? O bem sucedido ator um dia teve que aceitar estes dois empregos para sobreviver.

    Já pensou ter os cabelos escovados por Mariah Carey (43)? A cantora teve que se virar como assistente de cabelereira antes de ter o talento descoberto.

    Ivete Sangalo precisou trabalhar muito antes de ser conhecida como a musa do axé. A baiana trabalhou como vendedora de roupas e marmitas.

    Antes de fazer parte do Black Eyed Peas, Fergie (38) trabalhava como dubladora e chegou a emprestar sua voz para o filme do Snoopy.

    Quem diria que a estrela de 127 horas (2010), Comer, Rezar, Amar (2010) e É o Fim (2013) James Franco (35) trabalhava como atendente do McDonald's?

    Edson Celulari (50) que deu vida ao Felipe em Guerra dos Sexos trabalhou um ano em uma padaria, em São Paulo.

    Oscar Magrini (53) exerceu durante sete anos o cargo de professor de educação física em uma academia, em Santos, no litoral de São Paulo. No início da década de 1990 ele se apaixonou pela atuação e se aventura até hoje na profissão.

    Jennifer Aniston (44) provou que a arte imita a vida. A atriz que interpretava a garçonete Rachel Green, no seriado norte americano Friends, dedicou parte da sua vida profissional a esta ocupação.

    Ao que tudo indica Katy Perry (28) nasceu sabendo que seu destino era ser uma grande cantora. Ela iniciou a carreira no seguimento gospel.

    Antes de soltar o vozeirão no grupo Destiny’s Child, Beyoncé(31) auxiliava na limpeza do salão de cabelereiro de sua mãe.

    E antes de ter a chance de fazer seu primeiro filme Amor Sem Fim (1981), Tom Cruise (50) cogitou a possibilidade de entrar para um seminário, pois tinha o sonho de se tornar padre.

    Quando ainda estava na faculdade Ashton Kutcher (35) que ficou no seriado That's 70s Show e, depois, com o longa Efeito Borboleta (2004) trabalhou como ajudante de estoque de uma loja.
     


    0 0


    Fernanda Young completa 43 anos nesta quarta-feira, 1º, e para celebrar a carreira da escritora, separamos uma lista com seus dez trabalhos mais marcantes na televisão.

    Embora já tivesse feito pequenas passagens pela televisão como atriz na minissérie Iaiá Garcia (1989) e na novela O Dono do Mundo (1991); e como roteirista em A Comédia da Vida Privada (1995), a grande estreia de Fernanda Young nas telinhas aconteceu mesmo nos anos 2000.

    Mate a saudade dos inesquecíveis personagens que Fernanda Young criou para a televisão brasileira!

    A reviravolta na vida dos noivos Rui e Vani na série de televisão Os Normais foi ao ar durante dois anos pela rede Globo e ganhou dois longas no cinema. O terceiro filme da série já está saindo do forno.

     

     

    Um grupo de funcionários públicos, mais conhecidos como Aspones (Assessores de Porcaria Nenhuma), que trabalham no FMDO (Fichário Ministerial de Documentos Obrigatórios), ganharam as noites de sexta-feira para contar as aventuras de uma repartição pública onde não se tem o que fazer.

     

     

    Ao lado das colegasMônica Waldvogel (57), Rita Lee(65) eMarisa Orth(49), a escritora Fernanda Young deu seu parecer sobre temas da atualidade na primeira temporada do programa de debates Saia Justa, que foi ao ar em 2002.

     

     

    Minha Nada Mole Vida retratava o dia-a-dia de Jorge Horácio, colunista eletrônico que apresenta na emissora fictícia TV Tudo Plus o programa Jorge Horácio by Night, no qual cobre festas badaladas cheias de famosos.

     

     

    Estrelada por Selton Mello (40), que também dirigiu o projeto, O Sistema contava a história do fonoaudiólogo especialista em leitura labial Matias, que após ter uma discussão com uma operadora de telemarketing, vê sua vida sendo apagada de qualquer dado e registro social, colocando-o para fora do ‘sistema’.

     

     

    Irritando Fernanda Young retoma seu posto de apresentadora em um programa de entrevistas que misturava dicas para irritar as pessoas em diferentes situações e pequenas esquetes protagonizadas pela própria Fernanda. Foi ao ar entre 2006 e 2010.

     

     


    Em Macho Man, o cabeleireiro Nelson, gay assumido, é atingido pelo salto de uma drag queen em uma boate e acorda no hospital tendo interesse em mulheres. A série foi estrelada por Jorge Fernando e teve a roteirista presente em alguns episódios.

     

     


    As previsões de fim do mundo em 2012 inspiraram a série cômica Como Aproveitar o Fim do Mundo que, como sugere o título, contou a história de Kátia, que quer consertar e vingar todos os seus casos do passado antes do mundo explodir.

     

     

    Ainda na onda do fim do mundo, o programa de entrevista Confissões do Apocalipse era uma espécie de game show baseado no popular 'jogo da verdade'.

     

     

    No ar, a série O Dentista Mascarado revela as aventuras de um profissional da saúde que faz segundo turno como vingador dos fracos e oprimidos. O projeto da série foi responsável pela contratação do humorista e agora atorMarcelo Adnet (31) para a rede Globo.

     


    0 0


    A rotina de Claudia Leitte (32) é formada por shows, participações em programas de TV, viagens e tudo que uma vida de estrela tem direito. Mas ela encontra tempo também para cuidar da casa, dos filhos Davi (4) e Rafael (8 meses) e do marido Marcio Pedreira (33). “Eu não acho que a minha vida é diferente da vida de milhares de brasileiras. A gente só está cada uma na sua profissão, cada uma na sua área de trabalho, mas é luta diária, constante. Eu sou brasileira que tem filhos, que tem família e eu faço como elas”, disse à CARAS Online. “A minha profissão exige que eu esteja com salto, bonita, faz parte do meu ofício, mas não significa que seja mais fácil para mim”, afirma.

    Para educar os meninos, Claudia tem na mãe, Ilna, seu modelo – os valores que aprendeu, como honestidade, segundo ela, são o principal ensinamento que deixa para os filhos. “Os valores são preciosos e pra mim a maternidade é estar mais perto de Deus, o mais perto possível. Me sinto amando alguém incondicionalmente e eu faço qualquer coisa por esse alguém, mais até do que a mim mesma”.

    Para quem acha que ela é sempre boazinha, a cantora garante que é pulso firme com os meninos. “Eu sou uma mãe exigente, que castiga, sim. Eu acredito nisso”, revela. “E sou zelosa, amorosa, sou muito carinhosa com os meus filhos. A gente se beija muito o tempo todo, a gente se abraça, a gente conversa demais, eu sou uma mãe legal, que brinca”, completa.

    Para o casamento dar certo

    Sempre acompanhada de Marcio, que trabalha com ela, a cantora acredita que não existe fórmula para o casamento dar certo. “Cada casal tem sua intimidade e aprende a conviver, a respeitar a individualidade um do outro. À medida que vai convivendo e a gente vai se conhecendo, vai se protegendo mutuamente, as coisas vão acontecendo”, defende. “Assim é o meu relacionamento com o Márcio, a gente se ama mais a cada dia, se respeita mais a cada dia. Aí dá certo”.

    Também no matrimônio ela tem os pais, casados há 34 anos, como fonte de inspiração. “Eu vi a minha mãe e o meu pai crescerem juntos. Eles casaram com 21 anos, quando eu nasci a minha mãe tinha 22 anos, então eu vi o amadurecimento deles de perto, eu vi que eles estavam sempre juntos, nesse aprendizado, nessa lida. E é o que eu quero”, afirma.“Meus pais têm 34 anos de casados, eles são muito felizes. Vi os altos e baixos, vi todas as coisas acontecerem e eles estão lá juntos e se amam, e um não vive sem o outro”, continua.

    Casada com Marcio no civil e no religioso, ela defende que o principal é a felicidade e não os rótulos no casamento. “Eu acredito que você tem que amar o outro, acredito que você tem que fazer as coisas conforme a sua vontade. E a minha vontade foi casar no religioso e no civil, acho que o importante é você ser feliz. Esse é o princípio básico no casamento”.

    Confira a entrevista na TV CARAS:


    0 0


    Próxima novela das nove, Amor à Vida começou a ser divulgada pela Rede Globo nesta terça-feira, 30, com direito a coletiva de imprensa no Projac, na zona oeste do Rio de Janeiro. A trama, que será escrita por Walcyr Carrasco (61) e dirigida por Wolf Maya (55), terá grandes estrelas da emissora carioca no elenco.

    Mateus Solano (32) será o vilão da história e Paolla Oliveira (31) ficará responsável pelo cargo de protagonista, Paloma, filha da cruel Susana Vieira (70), que interpretará Pilar. O trio e mais boa parte do elenco viajou para Machu Pichu recentemente, onde foram gravadas as primeiras cenas da novela.

    “Formamos uma filha na viagem a Machu Pichu, no Peru. Eu, Paolla Oliveira e Bárbara Paz já não podemos mais vivermos uma sem a outra. Primeiro a gente se juntou no avião, depois em uma van, depois pegamos uma mula e chegamos a Machu Pichu”, contou Susana, que define sua personagem como uma ‘mãezona defensora’.

    Antônio Fagundes (64), que será marido de Susana vieira na trama, comemorou a oportunidade de contracenar com a atriz mais uma vez. “Trabalhar com a Susana Vieira é uma premissa na minha vida. Fizemos muitas coisas juntos e ainda virão muitas outras”, contou o ator, que também foi para Machu Pichu. “Eu estive há dois meses antes no Peru, fiz uma viagem para lá nas férias. Se eu soubesse que ia gravar lá, eu não tinha gastado dinheiro”, brincou.

    Para interpretar uma pediatra, Paolla Oliveira conversou com especialistas e conta com a supervisão de uma profissional da área. "Conversei com muitos médicos, fui aos hospitais e tenho uma pediatra que está me auxiliando, ela me dá a maior força", contou ela, que revela ter a simplicidade e o gosto pela liberdade em comum com seu papel. "No quesito discrição somos bem parecidas. Ela não é muito patricinha".

    Mesmo tendo feito uma mocinha em Insensato Coração, a atriz não vê mal algum em repetir a dose. "A gente sempre tem vontade de fazer algo diferente, mas quando a gente faz uma mocinha com frescor e vida, ela também se torna apaixonante", pontuou ela, que gravou em Machu Picchu e no Peru e adoro os locais. "Foi uma viagem maravilhosa, fiquei muito em contato comigo mesma".

    Ainda estão no elenco de Amor à Vida os atores Thiago Fragoso, Malvino Salvador, Tatá Werneck, Marcello Antony, entre outros. 


    0 0

    O cantor Luan Santana (22) está com agenda de shows lotada e tem muito trabalho pela frente, já que irá gravar seu 3º DVD em breve. Mas, para ele, as dificuldades de fazer o que realmente ama são bastante diferente da profissão de médico, carreira que ele, caso pudesse escolher fazer, jamais optaria.

    “Não levo muito jeito para esse negócio de sangue, sou fraco quanto a isso”, disse ele em entrevista exclusiva à CARAS Online sobre o Dia do Trabalho, comemorado nesta quarta-feira, 1º de maio. “Acho que não me daria bem de jeito nenhum com esse negócio de plantão. Essa coisa de virar a noite, clima de hospital e de doença não é muito comigo não”.

    Conhecido internacionalmente, Luan Santana não esconde os desafios de ser cantor, mas supera todos os obstáculos em prol da sua paixão pela música. “A minha profissão também não é muito fácil, não. É sempre corrido, não tenho muito tempo para comer, dormir, para nada, mas é tudo em nome da música e dos meus fãs. Quando a gente ama o que faz, lado bom compensa o lado ruim”, finalizou.

    A nova turnê de Luan Santana, intitulada Te Esperando, estreou no último dia 28 de abril, em São Paulo, e contou com a participação especial de Zezé Di Camargo (50).


older | 1 | .... | 59 | 60 | (Page 61) | 62 | 63 | .... | 182 | newer